“Você quer dar pitaco no nosso movimento”

“Não vou perder meu tempo com você, você quer ‘melhorar’, dar pitaco no nosso movimento.”

Sim, verdade. Eu quero que o seu movimento melhore sim. Todo tipo de movimento, na verdade. Inclusive todas as vertentes de todos os movimentos possíveis. Aliás, quero que o mundo melhore. Quero um mundo melhor com pessoas melhores e causas mais bem defendidas.

Mas sei que isso só acontece quando a gente troca um papo com o diferente, se ouve, troca uma ideia, vê o que faz o outro pensar assim e assado e tals…

Eu penso de um jeito, você de outro. Não quero te converter, quero que você me converta. Quero mesmo. Quero que me faça acreditar que você tem toda a razão do mundo, afinal só tem a ganhar aquele que percebe os seus erros, e os supera. Mas isso não é simples, porque eu preciso estar aberto a ter minhas ideias confrontadas à medida em que você está aberta a isso também.

É a dialética, própria da vida, que irá criar a superação dos contraditórios. E dialética é nada mais do que trocar uma ideia com o diferente.

Bora conversar, pessoas. Tem nada de errado nisso. Na verdade, o problema está em quando a gente se fecha em defesa de nossos ideais, acima da existência das pessoas. Acima de toda razão e de toda possível empatia e compaixão que possamos exercer ao nos abrirmos com o diferente.

Perca o seu tempo comigo, e verá que, pela própria dinâmica, a sua ideia de “perder tempo” terá sido superada. Nossas ideias e convicções, por mais diferenciadas que sejam, são o que nos torna próprios diante um do outro. E é disso que se faz a vida: com diferenças equilibradas e devidamente atendidas.

Mestrando em Filosofia (PUCRS). Produzo vídeos de divulgação filosófica no Youtube. Inscreva-se: http://youtube.com/alyssonaugusto

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store