Às vezes é como se a vida nos fizesse amadurecer mais rápido do que deveríamos — se é que há um “dever ser” sobre nossas atitudes e mentalidades frente ao mundo. E isso é um paradoxo que atormenta e felicita pois, ao mesmo passo em que nos faz passar por momentos inglórios, com um pouco de reflexão passamos a perceber que todas essas experiências somam a um novo tipo de “eu” que, à medida em que é analisado, reformulado, repensado, revisado e refeito, passa a ser um outro “eu” neste mundo, agora mais aprimorado e evoluído. Um eu que é eu à medida em que evolui de si para si mesmo. Um eu melhor.

Mestrando em Filosofia (PUCRS). Produzo vídeos de divulgação filosófica no Youtube. Inscreva-se: http://youtube.com/alyssonaugusto

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store